em

AMOAMO

A felicidade de ser um corno

Eu confesso que desejo a todos os homens que desejam ser corno que tenham a sorte que eu tive. Minha esposa, uma morena linda, capa de revista, foi educada numa pequena cidade, com padrões rígidos e convencionais. Para ela, adultério era pecado e DEUS castigava. e eu sonhava em levar um chifre, assistir tudo e ela nem pensar. Até que um amigo se apaixonou por ela e foi corespondido. Ela desejava tanto quanto ele. Me confessou e perguntou-me o que fazer. Eu disse para ela aproveitar, e viver o momento, que tinha todo o meu apoio. Incentivei-a a seduzi-lo devagar, sem pressa. E fui dando a entender a ele, de forma sutil, que ela não é propriedade minha, e como eu comi outras mulheres, ela também poderia trepar com outro. Ela foi aos poucos provocando-o, mostrando a calcinha quando sentava, falando baixarias e palavrões, fazendo perguntas íntimas e indiscretas. eu participava, vendo ele cheio de tesão por ela, participando do papo. Ele foi compreendendo, foi ficando ousado. Começou pedindo pra ver a calcinha, depois foi dando umas esfregadinhas na bunda dela. Quando íamos ao clube dançavam agarradinhos. Uma noite, ela pediu um beijo e chupou na língua, se esfregando com vontade na vara dele. E eu dei corda – Pega nos peitos, alisa a pomba dele! Mete a mão dentro da calcinha e mete o dedo na buceta! Aí ele a levou para o quarto, deitou-a e foi lentamente tirando a sua roupa, enquanto se despia também, o pau estourando a cueca de tão duro. Mais dura ainda o meu cacete! Se beijaram, se amassaram, ela chupou a pica dele, ele chupou a buceta dela, e depois a montou e passou-lhe pica na tabaca! Eu acompanhei tudo, com a rola muito dura, curtindo cada lance. Quando gozaram juntos, eu a comi na frente dele. Depois disso, foi uma curtição. Ele dormia as vezes em nossa casa, conosco na cama de casal. Tomavam banho juntos. Ele entrava no quarto pra ver ela trocar a roupa. Ela andava pelada pela casa. Ela só sentava de saia e de pernas abertas pra ele. Ele já chegava levantando o vestido e se esfregando nela. Eu batia punheta assitindo. Durante esses meses que el foi amante dela, um era pouco, dois era bom e tres muito melhor. E hoje continuo amigo dele, nosso casamento vai ótimo, eu sou cada dia mais apaixonado por ela. Sou muito feliz pelo chifre que levei. Ela foi amada de forma completa por dois homens simultaneamente, e ele foi amado por uma uma mulher linda, casada, e todo mundo usufruiu, desfrutou de amor e de sexo. DEsejo a todos os futuros cornos que tenham essa felicidade, essa sorte quando levarem umas pontas. Meu par de chifre me orgulha muito.

Reportar

O que você acha?

Escrito por Anônimo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


O período de verificação do reCAPTCHA expirou. Por favor recarregue a página.

2 Comentários

Conteúdo 18+
Clique para ver esta postagem

menage com minha esposa

Aparência