em

A MINHA CUNHADA I

Eu confesso que não tenho coragem de cantar minha cunhada.
Quando chegas na plenitude da idade da loba, meus pensamentos entraram em turbulência.
Fiquei a refletir: Ah… se tivesse coragem, eu iria buscar uma amizade mais ousada com você.

Durante certos momentos da vida o ser humano encontra-se no maior e mais desagradável paradoxo de sua existência. Costuma acontecer entre os 21 e 30 anos, mas fatores cósmicos da modernidade levaram recentemente essa tendência até a vida de maior experiência. E se eu tivesse coragem, iria te explicar que se trata, claro, da infame amizade acima de qualquer suspeita.
Mas eu não tenho coragem. Pra piorar, vivemos numa sociedade não preparada para o sexo casual. Penso: sexo entre amigos é visto como ultrajante, impróprio e fato passível de uma briga no futuro. Sentir tesão pela amiga, então? Que ousadia, nem pensar. Então, nem falar.
Refletindo sobre meus devaneios, entendo que, na realidade, o que difere o homem do animal é que nós sabemos escrever. Só.
Pensamos, agimos, comemos e desejamos como brutos e selvagens. Sentimos atração, seja ela sua secretária ou antiga amiga. E não se venha com esse papo de que o sexo pode acabar com a amizade.
Se eu tivesse coragem, iria te dizer que uma transa entre amigos pode ser melhor que uma noite jogando Banco Imobiliário, ou na Internet. Sexo é somente o ato físico do tesão, umazinha casual não vai mudar em nada, hum-hum.
Anote aí, discretamente. Quando eu me aproximar de uma loba gostosa tipo uma, sei lá, uma professora de Física, não estarei procurando só amizade. Quem sabe umazinha casual, só para esquentar.
Ah… se eu tivesse coragem.

Reportar

O que você acha?

Escrito por Anônimo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


O período de verificação do reCAPTCHA expirou. Por favor recarregue a página.

Um Comentário

Conteúdo 18+
Clique para ver esta postagem

Tesão em tapinhas na buceta

Conteúdo 18+
Clique para ver esta postagem

Homem branco homem preto eu amo e quero todos