em

chifre planejado

Eu confesso que um dia estávamos, eu, minha esposa e um amigo tomando umas cervejinhas lá em casa. Minha esposa é uma morena linda e gostosa. Onde passa chama a atenção. Cabelos lisos, rosto lindo, seios firmes. Coxas grossas, sem manchas, estrias ou celulite. Bunda grande, arrebitada. Nessa noite ela usava um conjunto de saia e blusa brancos, de linho. Se embriagou, e abriu as pernas na frente do amigo, mostrando a calcinha branca, de renda. O rapaz babou de tesão e limpou a vista bonito. DEpois rolou no tapete, a saia subiu, a bunda ficou de fora e ele mais uma vez fez a festa. Olhei pra calça dele e vi que o pau dele ficou muito duro. E o meu também vendo o desejo nele por minha mulher. No dia seguinte, falei pra minha mulher e ela perguntou se eu deixava ela trepar com ele. Eu disse que sim, desde que na minha presença. Disse que deixasse que eu sabia como encaixar as coisas. à noite ele chegou e eu falei pra ela, na frente dele – Olha, ontem a noite o cara viu o fundo de tua calça e chegou em casa bateu uma punheta. Quando quizeres mostrar de novo, abre as pernas que ele está louco pra ver outra vez! Ela estava de vestido, abriu as pernas e apareceu a calcinha outra vez. Eu acrescentei: E ele faloiu que se visse a tua calcinha, e ele ficasse com a pau duro, ele mete-lhe a pica. E disse pra elw – eka quer levar dedo na buceta, rapaz. Mete-lhe o dedo na tabaca! Ele sentou ao lado dela, e começou a alissar as coxas dela, a mão subindo até pegar na calcinha, botar a mão dentro e meter o dedo no priquito dela. Eu já de pau duro, vi ele chupar a lingua dela, tirar-lhe o vestido, abrir a bermudam tirar a pica dura e afstou a calcinha e meteu-lhe a vara. Ela gemia dizendo – Como é gostosa a tua rola! E ele dizia: Como é bom comer tua buceta teu marido olhando! Montou nela e tome pomba na tabaca! Quando gozou, eu disse: Agora sou eu! Ai comi ela na frente dele. Foram tres meses que foram amantes. Tres meses de chifre gostoso! E eu assistindo sempre, A cidade inteira soube, fui chamadio de corno e não me importei. Ela dançava com ele no clube, ele com a vara dura esfregando nela e a rapaziada sorrindo. Em nossa casa ele dava dedada no cu dela, botava a pica dura na boca dela, gozava na cara dela, e eu bati muita ponheta vendo isso. Que tempo bom! O meljhor foi que ela aprendeu e quando nos mudamos de cidade, o diretor do colégio que ela ensinava comeu também. Fom,os veranear e um cara que conhecemos no veraneio passou-lhe pica também. Foram tres chifres deliciosos. Ai que saudade dos caras comendo minha mulher!

Reportar

O que você acha?

Escrito por Anônimo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

Conteúdo 18+
Clique para ver esta postagem

felicidade

Conteúdo 18+
Clique para ver esta postagem

Minha esposa quer saber