em

eu e minha tia

Eu confesso que Historia veridica

Baseados em fatos reais (entre uma tia e sobrinho lean vale a pena)se tiveren uma oportunidade nunca a despedice

Não deixe o que tem que fazer hoje para o dia de amanhan aproveite a vida demorei muito pra ver issso e quando eu vir não me arrependir

Tinha na época 15 anos quando meu pai se separou da minha mãe ai ela decide ir morar com meu avo junto com eu e meu irmão. Lá moravam minhas tias (irmãs da minha mãe) uma solteira (LUA) e a outra casada parecida com fabiana H +(SOL) junto com minha avo.

Nessa época não tinha assim muito contato com meus familiares só de fim de semana almoço de família casual. Foi ai que comecei a ter mais intimidade com elas no inicio foi tranqüilo ela ajudavam muito agente gostava muito delas.

Elas já nem se importaram com agente dentro de casa andavam de calcinha trocava de roupa em nossa frente LUA a mais nova com cerca 26 anos de 1.68 cabelos castanhos olhos verde peito durinhos tamanhos pequenos cor de pele branca mais só vivia bronzeada tinha marca de biquíni o corpo monumental ela bem descontraída dormíamos no mesmo quarto eu LUA e meu irmão mais não me chamava muito atenção as vez eu me masturbava pensando nela mais nada serio.

Mais der repente tudo mudou em minha vida que outra tia (SOL) que recém tinha casado (ela ficou com medo de ficar para titia pq. o cara q ela casou já tinha quase 10anos de namoro tava enrolado ela um imbecil com uma mulher daquela) e não tinha onde morar decide mudar para casa da minha avo. Foi ai que tudo começou ela era a coisa mais linda que eu já tinha visto1, 69 de altura com28 anos lindo sorriso de cabelos loiros encaracolados olhos azuis corpo a pele branca em boa forma lindos peitos tamanho mediano durinhos (tem tatuagem no peito direito cavalo alado) uma buceta linda bem feita parecia escultura ainda não vir igual (também ela tinha uma tatuagem na virilha que realçava + ainda aquele bucetão ) me apaixonei perdidamente por ela a amava mesmo não conseguia tirar ela da minha cabeça que loucura tentava mais não conseguia porque ela era minha tia e era casada e tinha um filho de 1 ano eu dizia sem chance e também só tinha 15 anos era um fedelho não tinha nada para oferece lá (foi ai que me enganei).

Foi passando o tempo e ela também já tinha se acostumado com agente dentro de casa e só andava de toalha e na hora de dormir de shortinho (verde) de laica bem colada (desenhando aquele bucetãoe mostrando a popa da bunda) uma camisetinha (branca) meio transparente (dando pra ver os seios dela) foi ai q fiquei louco vendo aquilo não tinha como enganar meus sentimentos (me masturbava 5x al dia pensando nela).Decidir ver ela tomando banho(o banheiro era no fundo de casa)a porta não fechava bem e não tinha fechadura(me esconder fora pq. era a noite) foi então que eu vi ela la se ensaboando parecia uma imagem ela lavava o seu bucetão acariciando aquele corpo lindo era uma miragem ai virou rotina eu ver ela tomando banho me acabava me masturbando (se já era 5 tinha dobrado) depois corria para o quarto dela pra ver ela se trocando que coisa mais linda.

Decidir ir mais longe o marido dela (um babaca) tinha comprado um bar e só chegava altas horas da noite ela também trabalhava lar para ajudar a ele , mas só que chegava mais cedo por causa do seu filho ai eu fazia que estivesse assistindo TV no seu quarto quando ela chegou me perguntou “to cansada o filme q ta passando e bom” ela já notava que eu ficava olhando pra ela ai eu disse: o filme e bom “era super cine” me respondeu boa noite vou domir que to cansada “só q nesse dia ela não tinha colocado seu short só tava com uma camisola cor preta foi ai e esperei uns 15 min. lá no quarto dela”.

Quando eu virei e vir àquela cena ela estava na cama e eu no chão olhando minha tia mostrando sua calcinha desenhando aquele bucetão virada a bunda pra meu lado não resistir começou a passar o dedo por fora de sua calcinha a acariciava ai decidir apagar a TV para ela não acordar ai eu puxei sua casinha para o lado e comecei a passar o dedo naquela buceta tão linda comecei a enfear o dedo devagar mais ela nem se importava resolve passar a língua nela lambia aquela buceta como nunca tinha lambido nada ai comecei a me masturbar e lambendo sua buceta ai tomei coragem e deitei do seu lado eu ia colocar meu pau dentro daquela bucetona quentinha quando eu encostei meu pau na sua buceta ainda tinha colocado a cabeça dentro ela se meche ai eu tirei rapidamente e fui por chão quando eu olhei ela já tinha virado pro meu lado e seus seios tava de fora comecei a chupa luz a acariciar aquele corpo q só ela tinha-me masturbei otra vez era uma loucura só meu pau tava mais duro que ferro e eu doido para ela virar outra vez pra eu colocar meu cacete dentro dela. Der repente escolto barulho no portão era meu tio (empata foda como eu tinha raiva dele depois disso) chegando do trabalho ai resolver sair rápido do quarto antes q ele chega se e visse eu e minha tia daquele jeito ela fazia que estivesse dormindo como eu fiquei sabendo no outro dia eu acordei cedo para vela ai ela foi logo de cara me perguntando se eu estava sonâmbulo ai eu responder todo errado não pq. ela começou a dar risada de min ai entende que ela tava acordada todo tempo (ai imaginei se ela não brigou e pq. ela gostou) não acreditava naquilo que tinha acontecido não parava de pensar e de me masturbar pensando nela em tomar ela pra min em me declarar meu amor que sentia pro ela.

Passando alguns dias pq. eu não tive mais oportunidade de ir ver minha tia no quarto dela pq. seu marido estava lar ela q me surpreendeu eu estava assistindo TV como sempre na sala ai ela parou do meu lado só de toalha eu já não tinha nada a perde decide acariciar sua buceta ali mesmo todo mundo na cozinha e ela do meu lado começou a acariciar sua buceta por debaixo da toalha e ela nem ligava só olhava pra min essa altura meu pau tava igual a um pedaço de ferro quando eu ia colocar o dedo dentro ela sai e foi se trocar no quarto. Para minha infelicidade minha mãe decide compra uma casa e nos mudamos era perto mais não eram a mesma coisa de ver ela todos os dias dentro de casa eles sempre ia visita agente dormia em minha casa, mas nunca mais cheguei a encostar mais a mão nesse corpo maravilhoso passo se 2 anos mais comecei a estudar fora universidade terminei os estudos e voltei para minha casa ai encontro meus primos e eles me chamam para ir para sua casa tomar banho de piscina para minha surpresa quem encontro lar minha tia (sol) começamos a conversar ai ela decidi tomar banho de piscina e me chama pra continuar a conversa pense numa coisa linda aquela mulher q eu sempre quis para min ali na minha frente só de biquíni eu nem saia da água pq. meu pau tava mais duro q tudo ai ela sai e ficar sentada do lado de fora ai q me matou q dava pra ver aquele bucetão na minha frente e eu não tirava o olho dela ela notava q só olhava para a buceta dela mais nem ligava ai perceber q ela tb estava interessada deve ser q meu tio não tava dando mais no couro com ela ai ela sabia q sempre fui apaixonado por ela e decidi me dar mole ela chegou e me falou q queria falar comigo depois quando não tivesse ninguém eu esperei todos irem dormir na casa e eu sair e pra minha sorte olha quem tava lar minha tia ela começou me dizendo vamos terminar aquele assunto foi ai q perceber q iria ser naquela hora q ia realizar o meu sonho ter aquela mulher nos meus braços.E ela me falou vc nunca se casou só teve namoradas pq. vc nunca gostou de nenhuma delas foi?Eu respondo não q só tinha amado uma mulher em toda a minha vida q era um amor impossível ai q ela ficou louca para saber quem era e der repente me deu uma loucura e falei quer saber e a senhora tia ela ficou parada eu nem deixei ela reagir fui logo dando um beijo nela ai ela falou não vc e meu sobrinho eu falei q amor não escolhe parentesco q era pra ela me dar uma chance ai ela ficou estática mais ai eu tomei ela em braço e disse relaxe não pense em nada só em nos dois em este momento ela deixou ser seduzida pelo momento fui logo então beijando ela e acariciava aquele corpo Beijei muita aquela mulher… Beijei sua boca, seu pescoço, seus ombros, sua nuca, suas orelhas… Meu pau era um ferro só!

Ela me disse “Quero te dar muito gostoso, pois estou há muitos dias sem sexo…” Não falei nada, apenas a abracei e a encostei-se à parede, já cheirando seu lindo pescocinho…

Ela estava “prensada” entre a parede e meu corpo e eu a beijando enquanto a segurava pela cintura. Vagarosamente fui baixando o vestido de seus ombros e revelando os tão desejados seios que muito já havia me inspirado…

Os seios da tia sol eram muito bonitos, volumosos, de auréola medias e bicos salientes. Já eram um pouco caídos, pois ela é uma mulher de 38 anos, mas nem por isso menos sensual.

Fiquei alguns instantes só apreciando seus seios… Depois coloquei minha cabeça entre eles, cherei, lambi, beije-la e suguei cada um deles demoradamente… Tia sol apenas aproveitava aquele momento suspirando fundo e jogando sua cabeça para trás…

Aos poucos, enquanto sugava seus seios, comecei a erguer seu vestido e fui chegando até sua vagina… Tia sol aos poucos ia abrindo suas pernas, sem se afastar da parede…

Passei minha mão sobre sua calcinha, senti seus pentelhos macios, e puxei um pouco para o lado, me permitindo passar o dedo sobre sua bucetitona que já estava totalmente encharcada…

Aquilo estava uma loucura de bom! Eu mamando seus seios e massageando seu clitóris, às vezes deixando escapar um dedo inteiro para dentro de sua vagina… Em poucos minutos tia sol gozou muito!

Após ela ter gozado, pedi que sentasse sobre o a cadeira de sol, levantei todo seu vestido, abri bem suas pernas enquanto e tirei sua calcinha… Segurei suas pernas sobre meus ombros e comecei a chupar sua deliciosa bucetinha… Estava muito molhada aquela mulher… Colocava minha língua lá dentro daquela grutinha úmida, depois a passava em movimentos circulares sobre seu clitóris… A mulher estava indo a loucura… E eu também…

Pedi que ela se deitasse sobre a cadeira de sol, e a puxei pelos quadris bem para a ponta do mesmo. Baixei minha bermuda e me posicionei bem no meio de suas pernas, com meu pau mais do que duro…

Fiquei pincelando a entrada daquela bucetinha, enquanto lhe tocava o clitóris. Colocava a cabeça do meu pênis e tirava, depois colocava até a metade e tirava… Ela estava implorando para eu enfiar tudo e socar com força em sua buceta… Depois de algumas meio-estocadas, resolvei enfiar tudo com gosto… Tia sol gemia, suspirava como quem não fazia sexo há um bom tempo…

A penetrei com muita excitação e vigor durante uns dez minutos… Não parava de massagear seu clitóris enquanto a penetrava… Continuamos assim até explodirmos num gozo indescritível…

Tirei meu pau de dentro dela, ajudei a levantar-se e descer da cadeira…

Ela me disse que fazia muito tempo que não era fazia sexo daquele jeito, e que estava se sentido “muito bem comida”!

Beijamos-nos mais uma vez e combinamos que nunca ninguém iria ficar sabendo de nossa “loucura”…

Disse para ela que toda vez que nos víssemos, queira dar um jeito de podermos transar gostosamente como tínhamos acabado de fazer… Ela só deu uma piscadinha… E ate hoje somos amantes. E como eu amo essa mulher. Ela não sai da minha vida ate hoje por isso decidir relatar isso para vcs. Como amo essa mulher.
vai ai a foto como ela estava na cama

Reportar

O que você acha?

Escrito por Anônimo

Deixe um comentário

2 Comentários

Conteúdo 18+
Clique para ver esta postagem

Casada comete adultério

Conteúdo 18+
Clique para ver esta postagem

Tara por fotos