em

Houve um tempo…

Houve um tempo em que não havia mensagens, mas havia olhares que diziam tudo, onde não existiam curtidas, mas as pessoas se conheciam e cumprimentavam-se pelas ruas.

Houve um tempo em que o conselho de um pai era melhor do que qualquer pesquisa no Google

e a história de um avô era mais verdadeira do que qualquer referência na Wikipédia.

Houve um tempo em que não existia e-mail. Mas recebíamos bilhetes, postais e cartas de amor.

Tempos onde ninguém te insultava

escondido no anonimato de uma rede social.

E era no restaurante, o lugar onde se discutia, com argumentos, com respeito e compartilhando o vinho.

Houve um tempo em que as pessoas, não aparentavam o que não eram, onde não existia Photoshop nem filtros.

E eram os anos que se encarregavam de desenhar as rugas.

Sim, eu sinto falta daquele tempo onde tudo era mais simples, mais real.

E era o nosso coração que vibrava e não o telefone

Desconheço autoria

--- Criado com nosso formulário simples e amigável. Você já desabafou hoje?

Diretamente no SEU e-Mail

Receba os desabafos mais ilários da Internet na sua mailbox a cada 2 dias.

Nunca enviaremos Spam e PODE CANCELAR quando quiser.

Reportar

O que você acha?

Escrito por Sozinho

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


O período de verificação do reCAPTCHA expirou. Por favor recarregue a página.

7 Comentários

David Beckham

Conteúdo 18+
Clique para ver esta postagem

NÃO PARO DE PENSAR DESDE O DIA DOS NAMORADOS