em

Primeira vez saí com um casal

(Nomes fictícios, ok?)

Eu já tinha saído com MARTA umas 5 ou 6 vezes. Ela é casada, 37 anos, corpo normal e sempre o esquema era o mesmo: a gente se encontrava no estacionamento de um  shopping e ia para o motel no meu carro.

Na última vez, MARTA me disse que o marido não só sabia de nosso relacionamento como queria participar, pelo menos como voyeur, senão ela não sairia mais comigo. Terminei aceitando a experiência. Marcamos na residência do casal uma sexta-feira e quando cheguei lá passamos um bom tempo conversando e bebendo vinho. PEDRO (o cuckhold) , 45 anos, gordinho, gente boa demais, me disse que eu ficasse tranquilo, pois ele só iria se masturbar vendo a gente.

Sei é que eu e MARTA começamos na sala mesmo os amassos e fomos para a cama como se PEDRO não existisse. Eu ainda estranhei um pouco no começo, mas pelo vinho e pela tesão, trepei com ela numa boa. Como sempre fazia, meti no pêlo e deixei bastante leite dentro da buceta de MARTA. PEDRO então pediu para chupar a buceta da mulher logo em seguida e não tive como recusar, pois me levantei para ir me lavar; mas antes, PEDRO pediu para “limpar meu cacete”, o que, naquele momento, nem pensei em negar, sei é que ele chupou meu pau bambo após a gozada e foi beber o resto na buceta da mulher, que terminou gozando de novo com o marido ali.Fiquei para ver a cena e notei que a bunda de PEDRO era grande e bonita, toda depilada.

Resultado: mais conversa, mais vinho e PEDRO entrou na brincadeira, de tal maneira que ele e a mulher me pagaram boquete ao mesmo tempo, eu comi MARTA de novo mas não gozei, pois botei os dois de quatro e comi o cu do casal de forma alternada. Deixei o leite no cu de PEDRO.

Saí da casa deles somente no sábado no final da tarde, numa jornada de putaria que não pensei que aguentaria. Saí exausto mas realizado, inclusive PEDRO terminou me comendo também. 

Desde então só saio com o casal e não mais com MARTA sozinha, de que sinto falta, pois ela sozinha o clima é mais de romance, de carinho e as trepadas têm um algo mais. E normalmente vamos os três para motéis, porque os dois filhos do casal tinham viajado no fim de semana em que fizermos o primeiro menage e não dá para fazer nossas estripulias com outras pessoas na casa.

Confesso que ainda é uma situação ainda não normal para mim fazer menage, pois se outro casal pintasse eu não sei se teria coragem. 

Estranho isso, não é?

--- Criado com nosso formulário simples e amigável. Você já desabafou hoje?

Reportar

O que você acha?

Escrito por ramon

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


O período de verificação do reCAPTCHA expirou. Por favor recarregue a página.

2 Comentários

Conteúdo 18+
Clique para ver esta postagem

Como ñ imaginar

Conteúdo 18+
Clique para ver esta postagem

Fotos da esposa IX